Políticas Editoriais

Foco e Escopo

Missão

Divulgar a produção intelectual na área de marketing, organizacional e de mercado, estimulando as contribuições criativas e inéditas do trabalho acadêmico e de pesquisa.

Objetivos

  • Contribuir para o aumento da produção de conhecimento das comunidades acadêmica e profissional nas ciências sociais aplicadas na área de marketing;
  • Servir como canal adequado para difundir avanços conceituais, metodológicos e de experiências de marketing na sociedade moderna;
  • Estimular a difusão de conhecimentos que promovem novos estudos e novas formulações teóricas e empíricas para a área de marketing.

Foco

• A natureza da revista é de caráter acadêmico, publicando artigos que sejam resultado de pesquisa científica. • Os artigos devem necessariamente trazer uma contribuição acadêmica teórica ou empírica inovadora à área de conhecimento do Marketing. • Não há preferência a priori por nenhuma ênfase temática, cabendo a publicação de artigos científicos no grande leque de temas tratados pela disciplina. • Quando pertinente e necessário, serão publicados artigos estrangeiros ou traduções de artigos clássicos da área, visando à sua difusão no ambiente acadêmico brasileiro. • Há um posicionamento deliberado de publicar artigos de todos os grupos de pesquisa do país, privilegiando pesquisadores das regiões em fase de consolidação e incentivando a produção conjunta.

A REMark tem como foco a publicação de contribuições científicas na área de marketing e contempla as seguintes áreas:

I – Métodos de Pesquisa e Teoria em Marketing - Ciência e técnica em Marketing - Epistemologia em Marketing - Ensino de Marketing - Estudos críticos em Marketing (apreciação crítica de práticas, teorias, modelos, métodos de pesquisa e ensino em Marketing) - Métodos de pesquisa em Marketing (novas técnicas qualitativas e quantitativas de análise de dados, novos métodos de coleta de dados qualitativos e quantitativos, novos métodos de apresentação de resultados de pesquisa) - Modelagem e previsões (modelos econométricos, previsões de demanda e de comportamento) - Medidas em Marketing (mensuração, validação, escalas) - Pesquisa interdisciplinar em Marketing (envolve extensos aportes teóricos ou metodológicos de antropologia, sociologia, semiologia, teoria literária, comunicação, filosofia, psicanálise e áreas médicas).

II - Comportamento do Consumidor - Pesquisa do consumidor (abordagens nos paradigmas interpretativista e de processamento de informações) - Comportamento do consumidor final - Processos intraindividuais, interpessoais e sociais do consumidor - Valor para o cliente (valores importantes para o cliente e valores pessoais) - Comportamento do comprador organizacional.

III - Gestão e Estratégia de Marketing - Gestão de produtos e serviços (marca e desenvolvimento de novos produtos) - Gestão de preços - Gestão da distribuição (canais, logística) - Gestão do composto comunicação/promoção (vendas, propaganda, promoções e demais atividades de comunicação de Marketing) - Estratégias de Marketing (desenvolvimento e execução de estratégias de Marketing, interações competitivas, desenvolvimento de recursos e competências em Marketing, Marketing e a estratégia corporativa) - Orientação para o mercado - Marketing de relacionamento - Marketing metrics (medidas de desempenho, eficácia do investimento em Marketing, controle de Marketing).

IV - Marketing em Contextos Específicos - Marketing internacional - Marketing de varejo - Marketing de serviços - Marketing B2B (business-to-business) - Marketing intercultural - Marketing eletrônico e interativo - Marketing e inovação - Marketing e tecnologia - Marketing social - Macromarketing - Marketing esportivo - Ética em Marketing - Responsabilidade social em Marketing - Demais contextos de Marketing: governo, terceiro setor, instituições financeiras, turismo, marketing rural, marketing verde

Público Alvo

A REMark está voltada a um público amplo de pesquisadores, professores, estudantes, empresários, consultores e outros profissionais de alta qualificação que atuam na área de marketing nas organizações públicas, privadas e do terceiro setor, nacionais e internacionais.

 

Políticas de Seção

Apresentação

Não Selecionado Submissões Abertas Não Selecionado Indexado Não Selecionado Avaliado por Pares

Editorial

Não Selecionado Submissões Abertas Não Selecionado Indexado Não Selecionado Avaliado por Pares

Artigos

Selecionado Submissões Abertas Selecionado Indexado Selecionado Avaliado por Pares

Agradecimento

Não Selecionado Submissões Abertas Não Selecionado Indexado Não Selecionado Avaliado por Pares
 

Processo de Avaliação por Pares

O processo de avaliação de artigos submetidos à Revista Brasileira de Marketing - REMark é caracterizado por um sistema de tripla avaliação e envolve duas etapas sequenciais: o desk review e a avaliação pelos pareceristas. Na desk review, os editores se reúnem e analisam, sem qualquer identificação dos autores, os artigos recebidos para avaliar sua pertinência ao escopo da revista e seu potencial para contribuir, significativamente, para o conhecimento no campo de estudo de marketing. Quando necessário, os editores também envolvem membros do comitê científico nesse processo. Esta avaliação ocorre mensalmente. Quando o trabalho submetido não for adequado às políticas da revista os autores são comunicados sobre a decisão, em até sessenta dias contados a partir da data de submissão. Em geral sugere-se periódicos alternativos. Os artigos aprovados na etapa anterior - desk review - são encaminhados a dois dos avaliadores especialistas que compõem o corpo de pareceristas da revista para avaliação no sistema Double Blind Review. Os pareceristas são professores e pesquisadores associados a programas de pós-graduação stricto sensu de instituições de ensino nacionais ou estrangeiras. Os artigos são avaliados considerando-se a relevância do tema estudado para o marketing, a redação, o encadeamento lógico da revisão teórica com a utilização de referências apropriadas, a adequabilidade dos procedimentos metodológicos, a profundidade e a consistência das análises, o delineamento das conclusões e a relevância das contribuições. Esta etapa do processo de avaliação pode durar até três meses, sendo que ao seu término, os autores são comunicados sobre a decisão editorial. Quando os pareceristas solicitarem ajustes no artigo, será concedido aos autores, a critério do editor, um prazo entre trinta e sessenta dias para a incorporação das sugestões e correções requeridas. Após a realização dos ajustes solicitados e constatação destes pelos pareceristas e editores, os artigos são submetidos à revisão ortográfica, gramatical e de adequação às normas adotadas pela revista e à editoração final do documento. A conclusão desse processo não implica a publicação imediata do artigo, cabendo aos editores, de acordo com as políticas editoriais, elaborar as pautas e decidir qual o momento apropriado para a publicação.

 

Periodicidade

A partir de 2013, a periodicidade passou a ser trimestral: janeiro/março, abril/junho, julho/setembro e outubro/dezembro.

Histórico de Periodicidade - Revista ReMarK

  • 2002 a 2006, a periodicidade era anual (janeiro-dezembro).
  • 2007 a 2009, a periodicidade era semestral (janeiro-junho; julho-dezembro).
  • 2010 a 2012, a periodicidade era quadrimestral (janeiro-abril; maio-agosto; setembro-dezembro).

 

Política de Acesso Livre

Este periódico disponibiliza acesso livre “open access” a todo o seu conteúdo, podendo os artigos serem lidos, descarregados, copiados, distribuídos, impressos e/ou pesquisados.

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...

 

Indexing Sources

Red de Revistas Científicas de América Latina y el Caribe, España y Portugal (REDALYC)

Site: http://www.redalyc.org/revista.oa?id=4717

 

Directory of open access journals (DOAJ)

Site: https://doaj.org/toc/2177-5184


Scientific Periodicals Electronic Library (SPELL)

Site: http://www.spell.org.br/periodicos/ver/46/revista-brasileira-de-marketing

 

Cabell Publishing

Site: https://ssl2.cabells.com/

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

BASE DE DADOS:

 

 EBSCO Host publishing 

Site: https://www.ebscohost.com/titleLists/a9h-journals.htm

 

 Gale Cengage Learning

Site: http://www.cengage.com

 

Emerging Sources Citation Index (Thomson Reuters)

Site: http://ip-science.thomsonreuters.com/cgi-bin/jrnlst/jlresults.cgi?PC=EX&ISSN=2177-5184

 

Proquest

Site: http://search.proquest.com/publication/publications_496312?accountid=43603

 

Academic Journals Database

Site: http://journaldatabase.info/journal/issn2177-5184

 

Red Iberoamericana (REDIB)

Site: https://www.redib.org/recursos/Record/oai_revista1864-revista-brasileira-marketing-remark

 >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

CATÁLOGOS:

 

LivRe - Periodicos na Internet

Site: http://www.cnen.gov.br/centro-de-informacoes-nucleares/livre

 

Latindex

Site: http://www.latindex.org/latindex/ficha?folio=19091

 

OCLC WorldCat 

Site: http://www.worldcat.org/title/revista-brasileira-de-marketing/oclc/668696202&referer=brief_results

 

MIAR

Site: http://miar.ub.edu/issn/2177-5184

 

Worldwide Scientific And Educational Library

Site: http://www.sciary.com/journal-spanish-scientific-brasileiramarketing-issue-110806

 

Universia (Santander)

Site: http://biblioteca.universia.net/html_bura/ficha/params/title/remark-revista-brasileira-marketing/id/58436456.html

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

REPOSITÓRIOS

 

Diadorim - Sistema de Classificação das revistas

Site: http://diadorim.ibict.br/handle/1/316/statistics

 

Mirage UNINOVE

Site: http://repositorio.uninove.br/xmlui/handle/123456789/807

 

OpenAire

Site: https://www.openaire.eu/search/dataprovider?datasourceId=doajarticles::36bc9c6649029e31a441b9655c3156b3

 

Social Science Electronic Publishing (SSRN)

Site: http://papers.ssrn.com/sol3/papers.cfm?abstract_id=2679416


Academia.Edu

Site: https://uninove.academia.edu/journalsopenaccess

 >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

LIBRARY

 

World Scholar Latin America & the Caribbean

Site: http://xr8el9yb8v.search.serialssolutions.com/?V=1.0&L=XR8EL9YB8V&S=TOU&C=TC0000778712&T=

 

Social Science Research Center Berlin

Site: http://rzblx1.uni-regensburg.de/ezeit/detail.phtml?bibid=WZB&colors=3&lang=en&jour_id=168575

 >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

SOCIAL MEDIAS (TWITTER, FACEBOOK)

 

Twitter

Site: https://twitter.com/OpenAccess9

 

FanPage: 

Site: https://www.facebook.com/portalrevistas/

 >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

Google Scholar

 

Citations

Site: https://scholar.google.com/citations?user=DlXhAQEAAAAJ&hl=pt-BR

 

Author Fees

This journal charges the following author fees.

Article Submission FREE: 0.00 (USD)

Fast-Track Review FREE: 0.00 (USD)

Article Publication: 0.00 (USD)

 

Política De Governança - ReMark

Papel do Comitê de Política Editorial e do Conselho Editorial Científico

 

Para estar conforme as Boas Práticas da Publicação Científica - Anpad, este periódico adota necessariamente duas instâncias coletivas: o Comitê de Política Editorial, Comitê Editorial Científico. Para tanto, o diagrama 1 ilustra a estrutura editorial científica da Revista Brasileira de Marketing.

 

0

Comitê (Conselho) de Política Editorial

 

1

Editoria

(editor, editor adjunto, ou editor-chefe)

2

Editores Associados

(adjuntos, de Área ou de Seção)

 

3

Corpo Editorial Científico

 

4

Consultores ad hoc

(pareceristas, revisores, avaliadores, árbitros

 

Diagrama 1: estrutura Editorial científica – Revista ReMarK

 

 

2.1 Sobre o Comitê de Editorial

O Comitê de Política Editorial é formado pelo Editor e por membros que representem adequada e democraticamente os interesses: (i) da área do conhecimento; (ii) das instituições que asseguram a credibilidade científica do periódico; e (iii) das que o respaldam legalmente.

O Conselho Editorial é constituído por representantes acadêmicos de diferentes instituições de ensino e pesquisa. Seus membros atuam preferencialmente, mas não exclusivamente, na área de pesquisa de marketing. A atuação do Conselho Editorial não é feita necessariamente de forma coletiva.

Esse Comitê trata das questões de política editorial da revista e atua em bloco (faz reuniões, presenciais ou não), tomando decisões coletivamente e, eventualmente, votando matérias; não tem envolvimento com o conteúdo de qualquer fascículo ou artigo em particular, mas com a coleção como um todo, estabelecendo as diretrizes gerais que a norteiam.

 

Esse Comitê trata das questões de política editorial da revista e atua em bloco (faz reuniões, presenciais ou não), tomando decisões coletivamente e, eventualmente, votando matérias; não tem envolvimento com o conteúdo de qualquer fascículo ou artigo em particular, mas com a coleção como um todo, estabelecendo as diretrizes gerais que a norteiam.

 

De fato, cada membro atua como conselheiro do Comitê Científico e do Editor interpretando e sugerindo aperfeiçoamentos na Política Editorial, divulgando a revista, posicionando-se como árbitro em questões estratégicas do envolvimento da REMark no meio acadêmico e profissional. O Conselho Editorial não supervisiona ou interfere no processo editorial, estando afastado do processo de arbitramento de artigos. Manifesta-se em assuntos relevantes como a consistência da política editorial e das publicações, sua qualidade e também sobre as questões éticas pertinentes à gestão editorial. Cada membro assume também a função de “ouvidor” da comunidade científica atuante na área, garantindo a credibilidade acadêmica e a postura que se espera de uma revista científica.

2.2 Comitê Científico

Trata-se de um colegiado interinstitucional, composto por representantes dos grupos de pesquisa que respaldam mais diretamente o desenvolvimento da revista. Sua atuação é feita de forma colegiada, com decisões coletivas e democráticas. A missão maior do grupo é procurar assegurar a credibilidade dos procedimentos editoriais adotados e assumir a responsabilidade científica da revista. O Comitê Científico indica o Editor Científico que passa a ser seu membro natural. Ademais, suas atribuições são de caráter científico com o intuito de assegurar que a missão da Revista seja cumprida. Este comitê deve estar permanentemente ativo no cumprimento das definições gerais da política editorial da revista e também dos procedimentos editoriais previstos, particularmente no que se refere à garantia de consistência e qualidade das publicações. Edições especiais e outras contribuições científicas deverão ser discutidos e definidos por esta instância. É sua atribuição discutir e desenvolver regulamentos próprios para assuntos variados como: normas e formatação de artigos; critérios de avaliação e aceite de textos para publicação; aceite de novos grupos de pesquisa para participar do comitê; aprovação do orçamento; credenciamento de revisores e pareceristas; definição de política de circulação e assinaturas, entre outras matérias. O Comitê Científico não interfere na operação editorial da REMARK, que é de sobre responsabilidade do Editor e sua equipe operacional.


2.3 Editor Científico

É o responsável pela estabelecimento da Política Editorial, pela gestão editorial e pela supervisão da Secretaria Editorial, que opera todo o fluxo de trabalho, com auxílio do e sistemas Open Journal System – OJS. O Editor tem atuação específica na seleção prévia de artigos encaminhados para a revista, na distribuição dos artigos entre os pareceristas,que irão avaliá-los. Se os artigos possuírem a qualidade esperada eles serão publicados. Adicionalmente, o Editor deve ter uma postura ativa nos trabalhos do Comitê Científico e na articulação de ações do Conselho Editorial.

2.4 Papel dos Pareceristas

Algumas recomendações pontuais em conformidade com as Boas Práticas - ANPAD (2010) para revisores, preparadas com base nas referências listadas.

• O revisor não deve aceitar a tarefa de avaliar um manuscrito caso não se sinta profissionalmente qualificado no respectivo tema;

 

• Se o processo de revisão é duplamente cego, o revisor deve informar o editor, caso a identidade do autor lhe seja conhecida. Quanto aos editores associados e aos membros do Corpo Editorial Cientifico, embora não lhes seja explicitamente informado quem são os autores, aqueles poderiam eventualmente vir a reconhecê-los a partir do estilo ou do conteúdo do próprio artigo; mas tal identificação não seria um impeditivo para prosseguirem com o processo de revisão de admissão (desk review) e para a indicação de possíveis revisores;

 

• Cada periódico estabelece um prazo para o retorno dos revisores e estes devem explicitamente comprometer-se a atendê-lo ou negociar sua alteração.Cumprir a data de devolução assim acordada é uma questão de ética, respeito e responsabilidade da função de revisor;

 

• O revisor deve ler com cuidado a política editorial e as instruções aos revisores do periódico. Os editores podem ter diretrizes que não lhe sejam familiares ou com as quais o revisor não concorde totalmente, e há o risco de este solicitar alterações incompatíveis com o que o periódico preconiza;


• Para obter uma primeira percepção geral do artigo, recomenda-se ao revisor efetuar sua leitura em profundidade em uma única sessão. Eventualmente, pode-se marcar ou anotar alguns pontos nessa leitura, mas a proposta é de apreender o todo, não se detendo em aspectos específicos. É também recomendável retomar o trabalho três ou quatro diasdepois, percorrendo o texto minuciosamente e simultaneamente elaborando o parecer;


• O revisor deve atentar para o fato de que diferenças de paradigma podem influenciar sua decisão sobre a qualidade do manuscrito e conscientemente evitar que isso ocorra;


• O revisor deve apontar as falhas corrigíveis e necessariamente indicar o que pode ser feito para saná-las. Um bom revisor, no entanto, possibilitará aos autores uma flexibilidade que lhes permita continuar escrevendo o artigo que querem escrever. O revisor deve, sempre, avaliar o custo-benefício de cada mudança solicitada em termos da efetiva melhoria na qualidade do manuscrito;


• Sempre que cientificamente pertinente, deve-se sugerir aos autores referências relevantes para o manuscrito e/ou sua reformulação;


• O revisor deve esforçar-se ao máximo para apontar todas as alterações que julgar pertinentes na primeira revisão do manuscrito, de modo a evitar novas recomendações cada vez que este retornar reformulado;


• Quando receber um manuscrito, reformulado pelos autores a partir de recomendações suas, de outros revisores e dos editores, atentar para as recomendações dos demais revisores antes de emitir um novo parecer;


• Caso o manuscrito apresente falhas incorrigíveis, avaliar a possibilidade de apontá-las como limitações do artigo na seção apropriada. Não sendo viável, recomendar sua rejeição, indicando a razão que torna as falhas insanáveis;


• Quando recomendar a rejeição de um manuscrito, o revisor deve apontar as razões com muita objetividade e clareza.

3. Anti-plágio

Em consonância com as diretrizes da CAPES (2011), esta revista adota algumas ferramentas de software para detecção e combate ao plágio. Os softwares utilizam mecanismos de busca de dados e informações em diversos sites para acusar o plagiamento nos artigos que são submetidos no sistema da Revista Remark.



ReMark, REMark, Rev. Bras. Mark., São Paulo, SP, Brasil. e-ISSN: 2177-5184

Flag Counter